quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Por AMor... serás.. SeRemos...

"E desde então, sou porque tu és.
              E desde então és, sou e somos.
                                  E por amor serei, serás, seremos."




Não sabia se era aquela a hora... ou se seria noutra.... 
... não tinha as palavras prontas....  


Nem sabia o que no fundo sua poesia escondia. Sabia apenas que seria!
Porque aquela palavra única e criativa... havia sido lançada.. e jamais voltaria vazia... 
.... era esta a certeza que tinha no peito... que agora abrigava sonhos e sonhos antigos... 


Por mais cuidadoso que fosse o coração... por mais zeloso que estivesse o espírito.... e aquelas inquietações todas dentro dela... 
Seu coração batia depressa... com a força vezes três.


AInda não tinha as palavras corretas... nem os acentos... nem os parágrafos....


TInha aquela sensação perfeita... daquela promessa antiga antiga... quando os ventos apontavam noutra direção.... 
... sentia que dançava.... rodopiava em valsa incansável... tamanha era a alegria que sentia.


Resistiria bravamente.
A si mesma... e lutaria com força.... caminharia sempre pela estrada mais segura.... 


Era vida que transbordava... e amor que estendia como óleo derramado... tantos eram seus significados naquele dia... 


Tinha tanto a dizer.... tinha tanto... 
.... mas não alcançava palavra por palavra que bendizesse tudo dentro dela.... daquele dia adiante...
Sempre.


 Amém.

2 comentários:

Deniseestachamando disse...

lindo seus textos

Dra. Tormenta disse...

Deus abençoe minha prima querida!
Feliz aqui por vocês!
Beijo com muito amor!